Conjuntivite: o que é e como evitar

Dicas pra você se prevenir e proteger seus olhos desta doença

O conjuntivite é uma das doenças oculares mais comuns e incomodam muito. Apesar de ser comum, é preciso ficar atento.

Trata-se de uma inflamação na conjuntiva, membrana transparente que cobre a esclera – toda a região branca do olho – e a superfície interna das pálpebras.

Conheça os três tipos

– Infecciosa: causada por vírus ou bactérias e pode ser contagiosa, ou seja, contato direto entre pessoas infectadas ou indireto por objetos contaminados;

– Alérgica: normalmente este tipo de conjuntivite ocorre nos dois olhos, mais provável em pessoas predispostas a alergias, como rinite ou bronquite. Não é contagiosa e pode oscilar entre menos agressiva e mais agressiva, assim ter períodos de melhoras e reincidências. Por isso é importante descobrir e combater o do agente causador na primeira incidência;

– Tóxica: causada por agentes tóxicos – colírios, fumaça, poluição, produto de limpeza, maquiagens, tinta de cabelo, sabonetes, spray, entre outros. Normalmente, os olhos ficam vermelhos, há presença de secreção, incômodo e coceira, além da sensação de areia e inchaço das pálpebras. O incômodo com claridade também é comum – fotofobia.

O tratamento depende do tipo e da causa. Na maioria das vezes, colírios e pomadas podem são suficientes para combater a infecção e melhorar os sintomas e o desconforto. Caso não melhore, não deixe de procurar um especialista.

Recomendações

– Lavar sempre as mãos antes de tocar nos olhos;

– Evitar de coçar os olhos;.

– Cuidado para não encostar o frasco de colírio nos olhos durante o tratamento;

– Não use lentes de contato;
Agora é só se cuidar e manter seus olhos saudáveis para uma visão perfeita!